Últimas Notícias

26
jun

Representante do Governo Chinês no Brasil oferece cursos de longa e curta duração

                 O Centro de Intercâmbio Econômico e Comercial Brasil-China (CIECBC), representante do Governo Chinês no Brasil, está oferecendo diversas oportunidades de intercâmbio para a China, tanto para mandarim quando para cultura de longa e curta duração (15 dias, 30 dias, 6 meses, 1 ano), incluindo cursos de medicina chinesa e acupuntura.           De acordo com a Profa. Dra. Giovana Aparecida Gonçalves Vidotti,  coordenadora do Núcleo de Internacionalização da UNIFIPA, o CIECBC tem como objetivo criar oportunidades que promovem relações econômicas e comerciais entre o Brasil e a China, estendendo-se a vários âmbitos diferentes, como também o governamental e cultural.               Os interessados devem entrar em contato com o Núcleo de Internacionalização da UNIFIPA através do email international@unifipa.com.br    
26
jun

Rússia propõe intercambio universitário para estudantes brasileiros

Com 25 vagas ao Brasil, o projeto deve oferecer aulas em cinco matérias para graduandos e mestrandos.   A Universidade Federal do Extremo Oriente (FEFU), localizada na cidade de Vladivostok, na Rússia, apresentou no início de junho último proposta de intercâmbio universitário para estudantes do Brasil em 2020.  Ao todo, 100 universitários oriundos do BRICS - Brasil, China, Índia e África do Sul, sendo 25 por país, cursariam matéria na instituição russa durante o primeiro semestre. A iniciativa pretende reforçar os canais de cooperação educacional e científica entre o Brasil e Rússia, além dos demais países membros do agrupamento.   O plano apresentado na Embaixada brasileira, em Moscou, pela vice-reitora de assuntos internacionais da Universidade, Profa. Victoria Panova, visa oferecer cinco disciplinas no intercâmbio: Relações Internacionais (nível de bacharelado) e Política, Economia e Segurança da Rússia na Ásia-Pacífico (mestrado); Medicina Geral (bacharelado ou especialização médica) e Tratamento de Doenças Crônicas (mestrado); Segurança Cibernética e Internet das Coisas (mestrado); Negócios Internacionais e Gestão de Projetos (mestrado) e Economia e gestão ambientais (mestrado).   Segundo a vice-reitora, o intercâmbio universitário seria destinado para alunos matriculados em cursos de bacharelado (terceiro ano) ou de mestrado (primeiro ano) correspondentes às disciplinas ofertadas, com nível intermediário-avançado de fluência em inglês. Além disso, a instituição russa arcaria com os custos de estadia dos intercambistas, incluindo passagens aéreas e alojamento em dormitórios.   Ainda de acordo com a Prof. Victoria, a viabilização dessa iniciativa acadêmica dependerá da assinatura de protocolos de cooperação com universidades parceiras do BRICS. Nesse sentido, a FEFU solicitou assistência para identificar e contatar instituições de ensino superior no Brasil com interesse no projeto e que tenham experiência em atividades de cooperação internacional. Os termos e documentos devem ser negociados entre as instituições participantes nos próximos meses para a concretização do projeto em outubro quando a Universidade celebrará 120 anos.               Os interessados devem entrar em contato com o Núcleo de Internacionalização da UNIFIPA através do email international@unifipa.com.br        
26
jun

Curso de Farmácia ministra palestra para a 3ª Idade sobre cuidados com medicamentos

                    No último dia 13 de junho, alunas do curso de Farmácia da UNIFIPA ministraram palestra sobre Interações Medicamentosas às participantes do projeto Terceira Idade do curso de Educação Física Licenciatura.             As alunas abordaram a importância do uso correto de medicamentos e dos riscos da automedicação e das interações medicamentosas. Após a palestra foi sorteado um brinde gentilmente cedido por farmácia de manipulação local.    
26
jun

PROPEG realiza reuniões científicas para a comunidade acadêmica

             A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPEG) da UNIFIPA está realizando reuniões científicas com alunos de iniciação científica e de pós-graduação como aprimoramento nas apresentações de trabalhos em eventos científicos. Os trabalhos são apresentados parcialmente em inglês, também como forma de preparar os alunos para o mundo científico.               O primeiro encontro aconteceu no dia 4 de junho com a técnica do Laboratório de Imuno-Histoquímica da UNIFIPA Helena Ribeiro Souza, que apresentou os resultados iniciais do seu projeto de doutorado. “Nas reuniões são apresentadas diferentes técnicas de pesquisa e os resultados dos projetos de pesquisa sobre plantas medicinais e a proteína anti-inflamatória anexina, sob minha orientação”, explicou a Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Ana Paula Girol.               As reuniões são abertas à comunidade acadêmica em geral.    
CENTRO UNIVERSITÁRIO PADRE ALBINO - UNIFIPA